Cardeal Odilo Scherer celebra 15 anos de sua ordenação episcopal

Na festa da apresentação do Senhor, Dom Odilo celebra seus 15 anos de Ordenação Episcopal com missa na Catedral da Sé
Publicado em: 03/02/2017 - 18:00
Créditos: Redação

Na quinta-feira (2/2), na Festa da Apresentação do Senhor e Dia de Nossa Senhora da Luz, Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano, presidiu missa na Catedral da Sé.  Também nesta data o Cardeal comemorou 15 anos de Ordenação Episcopal.

A missa foi presidida por Dom Odilo e concelebrada pelos bispos auxiliares da Arquidiocese Dom Carlos Lema Garcia, Vigário Episcopal para a Educação e a Universidade, Dom Eduardo Vieira, bispo auxiliar na Região Sé, Dom Luiz Carlos Dias, bispo auxiliar na Região Belém. E contou com a presença de padres do clero arquidiocesano. Logo no início da celebração, Dom Odilo deu a benção sobre todo o povo, com velas acesas nas mãos caminharam em procissão até o altar.

Padre Luiz Eduardo Baronto, cura da Catedral da Sé, saudou Dom Odilo em nome de toda a Arquidiocese, oferecendo e agradecendo a Deus pelos 15 anos de ministério episcopal do arcebispo.

“Queremos que esta eucaristia transforme a vida e o ministério dele numa oferenda constante ao Pai, como sempre foi durante esses 15 anos, e haverá de ser até o fim do seu último dia. Assim desejamos Dom Odilo que esta celebração torne ainda mais fecundo o seu ministério e a nossa união com seu presbitério e o povo santo de Deus a quem o próprio Deus o confiou”. 

Cardeal Scherer agradeceu e convidou a todos para rezarem juntos: “Acolhamos a luz que Deus enviou para este mundo, luz para todos os povos, e luz para a nossa vida que é Jesus Cristo.  Nós bispos e padres estamos à serviço Dele. Estamos à serviço do testemunho da luz de Cristo e luz do Evangelho”.

15 anos de missão em São Paulo

Nomeado bispo auxiliar de São Paulo, em 28 de novembro de 2001, pelo Papa João Paulo II, Odilo Pedro Scherer foi ordenado bispo em 2 de fevereiro de 2002, pelo então arcebispo de São Paulo, Cardeal Cláudio Hummes, na Catedral de Toledo.

Desde essa data o Cardeal Scherer exerce seu ministério episcopal na cidade de São Paulo.

Durante a homilia, o arcebispo agradeceu a Deus pelos seus 15 anos de ordenação episcopal e pediu ao povo que continuem a rezar por ele e por todos os bispos que exercem o seu episcopado para o bem da missão da Igreja. Recordando a imensidão da cidade, Dom Odilo expressou que todos devem ser fiéis a missão que Deus confiou. “Assim como os apóstolos, nós todos somos testemunhas de Jesus Cristo na cidade de São Paulo”.

Na festa da Apresentação do Senhor

Ao rememorar a festa da apresentação do Senhor, Dom Odilo exortou os pais sobre a importância de apresentarem seus filhos a Deus, semelhante ao gesto de Maria e José, que apresentaram Jesus ao templo.

“Aos pais cristãos não deixem de apresentar seus meninos e suas meninas ao templo de Deus, ao sacerdote. Para que os receba, os abençoe, que façam o batismo, que é o grande dom e a grande graça do início da vida cristã”. A mensagem do arcebispo foi para que os pais não deixem de fazer este gesto, pois algumas famílias prolongam ou adiam o batismo de seus filhos.

 

Em ação de graças, Dom Carlos Lema Garcia agradeceu a vocação de Dom Odilo, recordando os principais momentos de seu ministério. E recordando as palavras do Papa Francisco, disse: “O bom pastor é aquele que vai à frente do povo, do rebanho, para abrir caminho. No meio do povo para sentir suas necessidades, depois ele vai atrás do povo para trazer àqueles que ficaram no meio do caminho. Nós, em São Paulo, podemos dizer que o senhor tem sido esse Bom Pastor para nós. Sempre abrindo caminho com as iniciativas, cartas pastorais, planos de pastoral. Sempre presente em diversos locais da nossa Igreja”, concluiu.

Biografia

Dom Odilo Pedro Scherer nasceu em 21 de setembro de 1949, em Cerro Largo (RS). Foi ordenado sacerdote em 7 de dezembro de 1976 na cidade de Quatro Pontes, Diocese de Toledo (PR). Em 28 de novembro de 2001, o Papa João Paulo II o nomeou bispo auxiliar de São Paulo, sendo ordenado em 2 de fevereiro de 2002, pelo então arcebispo de São Paulo, Cardeal Cláudio Hummes, na Catedral de Toledo. Ainda como Bispo auxiliar de São Paulo, Dom Odilo foi secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entre os anos de 2003 e 2007.

Em 20 de março 2007, Dom Odilo foi nomeado 7º arcebispo de São Paulo, tomando posse em 29 de abril de 2007.

Logo após a posse como metropolita, Dom Odilo iniciou seu ministério em São Paulo, sendo o anfitrião do Papa Bento XVI, em visita ao Brasil por ocasião da Conferência de Aparecida. Em 24 de novembro 2007, menos de um ano depois da nomeação arquiepiscopal, Dom Odilo foi criado cardeal.