Jovens são chamados à vocação e à conversão

No sábado, 4, aconteceu o retiro espiritual em preparação para a Quaresma e para a Páscoa, realizado pelo Setor Juventude da Arquidiocese de São Paulo (Sejusp),
Publicado em: 10/03/2017 - 17:45
Créditos: Diego Monteiro/ Especial para o Jornal O SÃO PAULO
“Foi muito bom ver que não só os jovens da nossa comunidade, mas de outros lugares participaram do retiro. Os jovens estão perseverantes! Se Deus quiser, conseguiremos, neste Ano Mariano, com a intercessão de Maria, evangelizar com mais eficácia a juventude de São Paulo”.
 
Felipe Freire, 20, da Comunidade Anjos da Vida, foi um dos quase 150 jovens de paróquias, associações, movimentos, novas comunidades e outras expressões da juventude que participaram, no sábado, 4, do retiro espiritual em preparação para a Quaresma e para a Páscoa, realizado pelo Setor Juventude da Arquidiocese de São Paulo (Sejusp), no Instituto Dom Bosco, na região central da cidade.
 
A abertura do retiro aconteceu na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, na Região Sé, com missa presidida por Dom Carlos Lema Garcia, bispo auxiliar e referencial para a juventude na Arquidiocese de São Paulo, e concelebrada pelos padres assistentes eclesiásticos para a juventude das regiões episcopais, que durante todo o dia, junto com outros sacerdotes, atenderam às confissões dos jovens.
 
O retiro foi o itinerário de um convite à conversão. No lado de fora do Instituto Dom Bosco, no meio da praça Coronel Fernandes Prestes, os jovens acompanharam atentamente a via-sacra, encenada pela Comunidade Canto de Maria e pelos crismandos da Paróquia Sant´Ana, da Região Episcopal Santana.
“O retiro veio ajudar a juventude a se encantar por Jesus neste caminho que parte de uma conversão no exercício da oração, do jejum e da esmola”, afirmou o Padre Roberto Fernando Lacerda, assistente eclesiástico arquidiocesano para a juventude.   
 

Despertar Vocações

 
As palestras no retiro concentraram-se na temática da vocação, que a Igreja propõe tendo em vista a próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada em 2019, no Panamá, com o tema “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38); e também a 15ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que refletirá sobre “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, e deve acontecer em 2018.
 
Dom Carlos disse à reportagem que a Igreja está querendo animar os jovens a fazerem um discernimento para descobrirem o seu lugar e vocação.
“Os Jovens meditaram sobre como receber a luz de Deus para encontrar a sua vocação, enxergando aquilo que Deus espera de cada um, e como fazer um acompanhamento, uma direção espiritual, para que encontrem o seu lugar e sejam generosos nas suas vocações diante de Deus”, afirmou o Bispo.