Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt

A A

Data da fundação

18/10/1914
Uso de Ordem
Padre Vandemir Jozoé Meister

Setor

Jaraguá

Endereço

 Rua Galvão Bueno Trigueirinho , 508 , Jaraguá

Contato

 Atendimento da secretaria
De segunda a sexta-feira
06
00
18
00
Sábado
06
00
18
00
Domingo
06
00
18
00
Breve história 

Schoenstatt nasceu em 1914, logo após ter iniciado a Primeira Guerra Mundial, num colégio palotino em Vallendar, pequena cidade junto ao Reno. O seu começo foi insignificante: com um punhado de jovens estudantes. Porém, este pequeno grupo atraiu pouco a pouco outros adeptos. Ao fim da Guerra, em 1919, funda-se o Movimento Apostólico de Schoenstatt, no qual muito em breve ingressariam as primeiras mulheres. Nos anos de 1920 e 30, em forma progressiva, desenvolveu a direção externa de uma ampla rede de organização que oferecia várias possibilidades de participação. Em direção interna, o crescimento foi lento, criando uma espiritualidade que, por sua identidade original, mostrou-se como algo novo entre as escolas espirituais da Igreja. Após anos de luta com o nazismo, em 1941, o fundador, com alguns de seus colaboradores, foi levado prisioneiro ao campo de concentração de Dachau, onde apesar das circunstâncias, realizou um fecundo apostolado entre sacerdotes e leigos de diferentes nações. Depois de sua libertação, em 1945, o Pe. Kentenich iniciou uma série de viagens por vários países do mundo, com os quais enraizou Schoenstatt em povos além da Europa. Isto ocorreu especialmente na América do Sul, onde hoje a obra, excluindo a Alemanha, tem a mais importante presença. Em 1948, uma comunidade Schoenstattiana - as irmãs de Maria - são erigidas canonicamente como o primeiro Instituto Secular alemão. Com ele, pela primeira vez, expressa-se uma confirmação oficial ao mais alto nível, em torno da autenticidade de Schoenstatt como uma nova célula de vida eclesial. Justamente este caráter eclesial de Schoenstatt ia ser duramente provado no tempo vindouro. Uma visitação canônica, com intervenção do Santo Ofício de então, significou a mais dolorosa prova que até este momento Schoenstatt havia sofrido. A primeira medida do visitador enviado por Roma, foi a destituição do fundador e seu exílio nos Estados Unidos, determinação que ele obedeceu imediatamente. Após 14 anos, no final do Concílio, em 1965, foi chamado de volta e reabilitado pelo Papa. O Cardeal Bea, que a muito tempo estava vinculado ao Movimento, disse ao Pe. Kentenich, naquela ocasião: "Sem o Concílio o senhor nunca havia sido compreendido". Depois o fundador teve uns três anos de trabalho intenso e sem interrupção, os quais dedicou a sua Obra que, entretanto, tinha alcançado uma expansão em muitos países. Os anos de exílio haviam permitido a Schoenstatt crescer em profundidade. Agora chegavam os dias de um surpreendente desenvolvimento em amplitude. O Pe. Kentenich faleceu em 15/09/1968, na Igreja que foi construída à Ssma. Trindade no Monte Schoenstatt. Iniciava para ele uma nova forma de atuar, uma nova época.

Paróquia a qual faz parte 
Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt
Lugar - VF - Categoria e Nome 
Santuário Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt

Missas

De segunda a sexta-feira
16
00
Sábado
16
00
Domingo
16
00

Sacramentos

Confissões