São Francisco Xavier

A A
São Francisco Xavier
PADROEIRO
03 de Dezembro

Data da fundação

21/04/1960
Pároco
Padre Jorge da Silva
Uso de Ordem
Padre Dimas de Macedo Filho

Setor

Medeiros

Endereço

 Rua Yokoama , 33 , Jardim Japão

Contato

 (11) 2949-7086
 Atendimento da secretaria
Breve história 

Por decreto de Sua Eminência D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, em 21 de Abril de 1960, foi criada a Paróquia São Francisco Xavier, no Jardim Japão, desmembrada da Paróquia Nossa Senhora da Candelária, de Vila Maria. A primeira comissão, encabeçada pelo Sr. Manoel Bento, teve como missão encontrar terreno para a construção da Igreja. Encontraram dois lotes que totaliza vam 1.171 m2, comprados pela importância de CR$ 1.183.700,00. Pago s da seguinte forma: CR$ 155.000,00 de entrada e mais 100 prestações de CR$ 10.337,00. Construiu-se primeiramente um barracão onde aconteciam as celebrações domini cais, a cargo dos padres da Igreja Nossa Senhora da Candelária. A primeira missa celebrada nesse barracão foi presidia pelo D. Paulo Rolim bis po auxiliar, em 29 de junho de 1.960, às 7h30 da manhã, quando aconteceu, tam bém, a cerimônia da colocação da pedra fundamental e do Cruzeiro. Esses acontecimentos foram abrilhantados por duas bandas de música. O Pe. Nicolau Kohler ficou responsável pela nova Paróquia de 1.964 a 1.965 e, durante esse período, foram edificadas a primeira Capela e a casa paroquial. A seu encargo ficaram: a organização da primeira Comissão Administrativa, Catequese, Apostolado da Oração e Legião de Maria. PE. LAERTE VIEIRA DA CUNHA 1º pároco (1.965 a 1.974) Ordenado em 03 de dezembro de 1.961 e em segui da nomeado professor no Seminário Menor em São Roque. Em fevereiro de 1.965 é nomeado Vigário Ecônomo da Paróquia São Francisco Xavier, do Jardim Japão. Impulsionou a Liturgia e o Canto, contando com o entusiasmo do jovem José Pascoaleto e da Sra. Ibiapina, com seu velho harmônio; Pastoral da Juventude; Movimento Familiar Cristão e o Curso de Noivos (com a colaboração do Dr. Ser gio Guimarães ). Em junho de 1.966, já dividida a Arquidiocese em quatro Regiões Episcopais, por D. Agnelo Rossi, chegou à Região Santana D. Paulo Evaristo Arns, bispo au xiliar do Cardeal e responsável por essa região. D. Paulo, de imediato, implatou um modo novo de evangelizar, chamado “Missão do Povo de Deus”. Com a chegada das Irmãs de São José de Chamberry (1.968), coordenadas pela Ir. Maria Arminda Nogueira, funda-se o Centro Comunitário Jardim Japão (CCJJ) Inicia-se um intenso trabalho social, com destaque para, o MOBRAL. As irmãs atuavam em diversas frentes de trabalho da Paróquia e foram responsá veis pelo surgimento da Capela Nossa Senhora de Fátima, na Rua Narita, cuja principal colaboradora foi a Irmã Laura Marques. No início dos anos 70, a Comunidade dispunha de uma quantia razoável de di nheiro para iniciar a construção da igreja. Alguns portugueses do bairro oferece ram para promover a festa de Santa Bárbara, que seria no mês de maio e teria a arrecadação revertida para as obras da Igreja. Essa festa aconteceu durante sete anos, terminando em 1.977. Em março de 1.974, Pe. Laerte foi nomeado Vice-reitor da Casa dos Estudantes de Teologia da Arquidiocese de S. Paulo e é sucedido pelo Cônego Ruy Amaral Mello. CÔNEGO RUY AMARAL MELLO 2º pároco (1975-1979) Ordenado presbítero 8.12.1.953. Substituiu o Pe. Laerte Vieira da Cunha. Intensificou os trabalhos da construção da igreja, com a criação das Comissões. Fundou a Capela Nossa Senhora de Fátima e finalmente foi estudar na Suíça durante dois anos. No seu retorno foi nomea do Reitor da Casa de Teologia Santana. Os seminaristas Dalmir de Oliveira e Cân dido da Costa fizeram parte da primeira turma do Seminário. PE. MANUEL SAMBAD REY (Pe. Manolo) 3º pároco (1.979-1.989) Natural da Espanha. Em 1.970, ingressa na Faculdade de Filosofia e Teologia, no Ipiranga. No dia 9 de setembro de 1.974 é ordenado presbítero por D. Paulo Evaristo Arns. Em 1.979 é nomeado pároco. Deu continuidade aos trabalhos da construção da igreja iniciados pelo Cônego Ruy Amaral Mello. Foi um dos padres mais injustiça do e caluniado desta paróquia, teve sua saúde seriamente debilitada e mesmo com forças contrárias, conseguiu atingir brilhantemente seu objetivo e devemos a ele a construção da nossa Creche. PE. ANTONIO CARLOS GONÇALVES (Pe. Cacá) 4º pároco (1.989-1.992) Implantou a pastoral da esperança, construiu a garage na intenção de fazer o velório, não aceito pelos vizinhos. Grande amor aos jovens e as crianças da paróquia. PE. GEREMAIS GOMES DOS SANTOS 5º pároco (1.992-1.994) Ordenado presbítero dia 18.12.1982 em São Paulo. Ficou pouco tempo. Deu grande impulso a Pastoral do Dizimo. Terminou a escada e colocou as grades. Depois foi fazer uma experiência com os franciscanos na cidade de Nova Veneza, chegou a fazer o noviciado. PE. HUMBERTO ROBSON DE CARVALHO 6º pároco (1.994-2003) Ordenado Presbítero em 01.05.92. Foi empossado dia 11 de setembro de 1.994. empenhou-se na formação dos agentes de pastoral, inclusive da juventude, bem como priorizou a formação bíblico-litúrgica das diversas equipes.. Em junho de 1.995, deu inicio a Festa das Nações. Com especial atenção ao espaço sagrado para a Celebração da Sagrada Liturgia, reformou o presbitério e edificou a Capela do Santíssimo da paróquia e da Comunidade Nossa Senhora de Fátima. Construiu a secretaria paroquial e a sacristia; substituiu os vitrais, os ventilado res e a sonorização da paróquia. Reformou e ampliou o salão paroquial, a cozinha e os sanitários. Empenhou-se na construção da Comunidade Nossa Senhora Auxiliadora, inaugu rada em julho de 1.998. Colaborou, sempre que necessário, com o Centro Comunitário do Jardim Japão, no âmbito financeiro.. Ofereceu à Paróquia Santa Zita, um imóvel para a edificação de sua casa paroquial. PE. CÂNDIDO DA COSTA Pároco atual Ordenado presbítero dia 18.12.1982 em São Paulo. Empossado dia 9.02.2.003. Deu continuidade ao trabalho do Pe. Humberto. Impulsionou as pastorais e de modo particular a Pastoral do Dízimo, os Coroinhas, a Pastoral do Adolescente e a implantação da Pastoral da Família. Fundou o informativo “A Voz de São Francisco Xavier”. Colocou a porta principal, construiu o banheiro para deficientes, construiu a torre, instalou o sino, o telão e o site da paróquia. Por falta de segurança encerrou a festa das nações em 2.008.

 

Paróquia a qual faz parte 
Paróquia São Francisco Xavier
Lugar - VF - Categoria e Nome 
Matriz Paroquial São Francisco Xavier

Missas

Segunda-feira
19
00
Quinta-feira
19
00
Sábado
17
00
Domingo
07
30
Domingo
10
30
Domingo
19
00
Sexta-feira
19
00
03
20
00

Sacramentos

Batizados

Agendar na Secretaria

Crisma

Terça às 14:00
Sábado ás 14:00
 

Primeira eucaristia

Terça às 14:00
Sábado ás 14:00

Confissões

Agendar na secretaria