Paróquia Nossa Senhora Achiropita implantará Pastoral da Pessoa Idosa

Desde o dia 10 de fevereiro de 2017, a Pastoral da Pessoa Idosa está sendo implantada na Paróquia Nossa Senhora Achiropita, com efetivação prevista para abril de 2017.
Publicado em: 16/03/2017 - 10:15
Créditos: Edição 3142, do Jornal O SÃO PAULO, de 15 a 21 de março de 2017, p. 21.

Desde o dia 10 de fevereiro de 2017, a Pastoral da Pessoa Idosa está sendo implantada na Paróquia Nossa Senhora Achiropita, no Setor Pastoral Cerqueira César, com efetivação prevista para abril de 2017. O processo está sendo acompanhado pelo Padre Antônio Sagrado Bogaz, PODP, pároco.

A Paróquia mantém, entre os vários atendimentos do serviço social, o Núcleo de Convivência para Idosos, com atividades socioeducativas, como biodança, musicoterapia, envelhecimento e cidadania, lazer e leitura, e atividades físicas e recreativas.

A Pastoral da Pessoa Idosa já implantou a Rede Solidária de Formação em Envelhecimento na cidade de São Paulo. Participaram da sua formulação voluntários da Pastoral e o Dr. Délton Esteves Pastore, promotor de Justiça de Direitos Humanos na Área do Idoso, do Ministério Público de São Paulo, e representante da Associação Nacional de Gerontologia (ANG-Brasil). A Rede está centrada na espiritualidade cristã, missão primordial da Pastoral da Pessoa Idosa.

Em 5 de abril, às 13h30, a Rede promoverá um encontro no auditório da Paulinas Livraria (rua Domingos de Morais, 660, próximo ao Metrô Ana Rosa), com emissão de certificado.

A abertura da atividade será feita pela advogada Conceição Aparecida de Carvalho, coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa na Arquidiocese de São Paulo, que é mestranda em Gerontologia pela PUC-SP. Também haverá um momento de espiritualidade, conduzido pelo Padre Helmo Faccioli, assessor eclesiástico arquidiocesano da Pastoral da Pessoa Idosa.

Na sequência, acontecerão palestras sobre os seguintes temas: “Depressão: Um mundo sem cor”, com assessoria de Márcia Alves Ros, psicóloga especialista em Neuropsicologia e Psicologia Clínica; “Divisão das responsabilidades e judicialização”, com o Dr. Délton Esteves Pastore e o Dr. Luiz Roberto Salles Souza, procurador de Justiça Cível; e “Experiência projeto amigo do idoso”, com Afonso Celso Prazeres de Oliveira, síndico do Edifício Copan. Posteriormente, haverá uma roda de conversa sobre como vivenciar no dia a dia as orientações dos palestrantes, com mediação de Áurea Soares Barroso, mestre em Gerontologia e doutora em Serviço Social pela PUC-SP.

(Com informações de Conceição Aparecida de Carvalho)