Nossa Senhora do Rosário de Pompéia

A A
http://d7.arquidiocesesp.pucsp.br/node/40438/edit
PADROEIRO
07 de Outubro

Data da fundação

13/11/1939
Vigário Paroquial
Padre João Affonso Zago
Vigário Paroquial
Padre Geovani Antonio Dias
Pároco
Padre Adailton Mendes da Silva

Setor

Perdizes

Endereço

 Avenida Pompéia , 1250 , Vila Pompéia

Contato

 (11) 3862-6727
 (11) 3871-9091
 Atendimento da secretaria
De segunda a sexta-feira
08
00
12
30
De segunda a sexta-feira
14
00
16
00
Breve história 

Breve Histórico da Paróquia N. Sra. do Rosário de Pompéia – SP

Em 1920, o casal Cláudio de Sousa e Luiza Leite de Souza, em viagem à Itália, foi visitar o Santuário de Nossa Senhora do Rosário, na cidade de Pompéia, província de Nápoles. Cláudio e Luíza tinham uma filha que sofria de grave moléstia, considerada incurável pela medicina. Os pais viajaram e deixaram a filha doente em São Paulo. 

No Santuário, com o coração e a mente amargurados, pediram uma graça que parecia impossível: a cura da filha. Eles pediram a intercessão de Maria, mãe de Jesus, invocada como Nossa Senhora do Rosário. Luiza e Claudio, ainda se encontravam em Pompéia, na Itália, e receberam uma carta com uma notícia maravilhosa. A filha apresentara melhoras repentinamente. Ela sentia-se curada, de forma inexplicável. 

Os pais retornam ao Brasil e confirmam, com seus olhos, o que os céus lhes davam: a filha curada.

Profundamente tocados, agradecidos no fundo do coração, Cláudio e Luíza mandam construir, em terreno que possuíam no ponto mais elevado do outeiro que dominava a região – neste alto que é agora a Avenida Pompéia – uma pequena capela. 

Uma capelinha de 7 por 14 metros, debruçada sobre a região praticamente desabitada. Naquele pequeno lugar de oração, o agradecido casal, colocou a imagem de N. Sra. do Rosário de Pompéia, trazida da Itália. No dia 12 de outubro de 1922, o Padre Venâncio Nalini, que era vigário da Freguesia de Nossa Senhora da Lapa, abençoou e entregou à devoção do povo a capelinha de N. sra. do Rosário de Pompéia. Em torno da capela cresceu o bairro, que assumiu o nome originário da padroeira. Por isso, se chama: Bairro de Vila Pompéia. 

O cenário

Casarões esparsos. Árvores e bicas de água aqui e ali; descampados, pequenos morros e pirambeiras. Longe, via-se a estrada por onde passavam boiadas. Mais ao longe, o alto do Sumaré; mais distante ainda, o Campo das Perdizes; por toda parte, sanhaços, pardais, paturis, nhambus; e arbustos carregados de araçás, que os moleques comiam gulosamente. Que delícia, diria uma amiga minha!

Os Camilianos

Os Padres e Religiosos Camilianos, fundados por S. Camilo de Lellis em 1582, na Itália, que têm como missão principal, o cuidado para com os doentes, chegaram ao Brasil em 1922, a convite do Bispo de Mariana (MG), Dom Silvério Gomes Pimenta. Por conta da morte do bispo que os convidou acabaram não se fixando em Mariana, conforme o desejo do prelado, mas sim em S. Paulo. 

O Pe. Inocente Radrizzani, coordenador da missão camiliana no Brasil, entrou em contato com Dom Duarte Leopoldo e Silva, Arcebispo de São Paulo, e logo foi recebido, com seus colegas, em audiência. Após uma calorosa recepção o mesmo ofereceu a capelinha de N. Sra. do Rosário de Pompéia e o seu entorno, bairro muito carente, para que iniciasse e desenvolvesse o seu trabalho. O sacerdote, aceitou imediatamente a oferta e arregaçou as mangas para trabalhar.

Padre inocente tomou posse da capelinha no dia primeiro de novembro de 1923, dia de Todos os Santos no calendário litúrgico. A partir de então, passou a haver missa todos os domingos. Iniciaram-se as aulas de catequese. Aos sábados, recitava-se o terço. O culto a N. Sra. do Rosário de Pompéia foi crescendo, junto com a população que foi aumentando. 

Pe. Inocente tinha uma visão social de sua tarefa: instalou uma pequena escola, para atender as crianças da região – então com poucas facilidades quanto ao ensino – e providenciou um consultório médico, com atendimento gratuito apara toda a população. Esse consultório no decorrer dos anos evoluiu para Policlínica S. Camilo e hoje, Hospital Maternidade São Camilo, grande centro de referência em Saúde. 

O crescimento do bairro e do número dos seus habitantes tornou a capelinha pequena para as necessidades do culto. Daí o lançamento da pedra fundamental da igreja que iria substituir a capela. Em 1928 começava-se a construir a nova igreja, isto é, a igreja atual.

Com projeto do arquiteto Giuseppe Sachetti, a igreja reproduz as linhas do santuário de Pompéia, na Itália. Basicamente a Igreja foi construída em cinco anos. 
Alguns anos mais tarde foi criada a paróquia que foi desmembrada da Paróquia São João Vianey. No dia 19 de novembro de 1939 foi instalada a Paróquia e assumiu como primeiro Pároco o Pe. José Simoni, o qual ficou longos anos à frente da mesma. 

Párocos

1.Pe. José Simoni (19/11/39-13/05/56).
2.Pe. Ernesto Boff (13/05/56-13/05/62)
3.Pe. Miguel Fernandes (13/05/62-21/06/68)
4.Pe. Afonso Pastore (21/06/68-30/06/77 e 03/08/80-14/0681)
5.Pe. Firmino Waldemar Pasqual (30/06/77-03/08/80)
6.Pe. Clemente Pasqual (14/06/81-16/02/86)
7.Pe. Arcídio Favretto (16/02/86-24/07/93)
8.Pe. João Afonso Zago (12/07/93-14/10/01
9.Pe. José Maria dos Santos (14/10/01-12/04/04)
10. Pe. Arlindo Toneta (16/05/04 - 31/07/2013)

11. Pe. Rosivaldo Donizeti (01/08/2013 - ....)



Como pudemos notar, desde o início a paróquia foi administrada por camilianos, por isso mesmo, ela foi se destacando pelas ações na área da saúde, em domicílios e nos hospitais, que lhe deram uma identidade bem camiliana. Por conta disso e pela presença do Hospital S.Camilo, idealizado pelo Pe. Inocente e seus companheiros, que está à direita da Matriz, muitas pessoas pensam que se trata da paróquia de São Camilo. 

Destaques dessas gestões

• Criação do Centro Social N. Senhora do Rosário.
• Criação do Encontro de Casais com Cristo (ECC). 
• Evangelização Infantil (EI).
• Escola de Emaús.
• Retiro de Casais de Primeira e Segunda União.
• Criação das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) em nível urbano, na Pompéia e nas periferias de S. Paulo. 
• Criação das duas Casas de Acolhida.
• Curso de Noivos Domiciliar. 
• Evangelização Infantil. 



Somando todos os serviços de Evangelização, sociais e caritativos a Paróquia conta, atualmente, com mais de 60 movimentos. 
Ultimamente foi criada a Pastoral da Inserção, Evangelização Infantil, o Grupo Missionário Sal e Luz e a  Pastoral da Acolhida. 
A cada fim de semana, o povo está sendo alimentado, eucaristicamente, com 16 missas, na Matriz e nas CEBSs.

Iniciamos um novo projeto editorial em Dezembro de 2014 com o objetivo de  substituir  nosso Jornal Informativo pela Revista "Livre Sou!", com essência totalmente cristã. Continuaremos a trazer as experiências da paróquia e de seus paroquianos, as atividades das comunidades, do centro social, mas também novas e diversificadas matérias sobre comportamento, espiritualidade, gastronomia, viagens, e tudo mais que signifique Vida, à todo e qualquer tipo de leitor. Serão 20 páginas, com uma tiragem de  4 mil exemplares/mês.

Somos uma paróquia Viva, em constante movimento! 
 

Paróquia a qual faz parte 
Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompéia
Lugar - VF - Categoria e Nome 
Matriz Paroquial Nossa Senhora do Rosário de Pompéia

Missas

De segunda a sexta-feira
07
00
Segunda-feira
18
15
Terça-feira
18
15
Quarta-feira
18
15
Quinta-feira
20
00
Sexta-feira
18
15
Sábado
07
15
Sábado
15
30
Domingo
07
30
Domingo
09
00
Domingo
10
30
Domingo
17
00
Benção dos Doentes
13
07
00
Benção dos Doentes
13
08
00
Benção dos Doentes
13
09
00
Benção dos Doentes
13
15
00
Benção dos Doentes
13
20
00

Sacramentos

Batizados

Curso: Ocorrem nas datas abaixo das 08h às 12h

  • 9 e 23/05
  • 13 e 27/06
  • 01, 15 e 29/08
  • 12/09
  • 3 e 24/10
  • 14 e 28/11
  • 05/12

Celebração: Ocorrem nas datas escritas abaixo às 11h 

  • 9 e 23/05
  • 13 e 27/06
  • 01, 15 e 29/08
  • 12/09
  • 3 e 24/10
  • 14 e 28/11
  • 05 e 19/12
Crisma

Entre em contato com a Paróquia para mais informações.

Curso para noivos

Datas:

  • 13 e 14/06
  • 15 e 16/08
  • 3 e 4/10
  • 5 e 6/12

Horário:

  • Sábado:das 14h às 18h
  • Domingo: das 08h às 12h
Primeira eucaristia

Entre em contato com a Paróquia para mais informações.

Confissões

Terça-feira
09:00
11:30
Terça-feira
14:30
17:15
Quarta-feira
09:00
11:30
Quarta-feira
14:30
17:15
Quinta-feira
09:00
11:30
Quinta-feira
14:30
17:15
Sexta-feira
09:00
11:30
Sexta-feira
14:30
17:15