Pastoral Vocacional prepara novas ações para 2017

A reunião ampliada aconteceu na sexta-feira (3), e reuniu bispos auxiliares, padres, religiosos e religiosas e leigos de diversas pastorais e agentes da pastoral vocacional.
Publicado em: 07/02/2017 - 13:15
Créditos: Redação Arquisp

Na manhã da sexta-feira, 3, na Catedral da Sé, a Pastoral Vocacional da Arquidiocese de São Paulo realizou uma reunião ampliada que reuniu bispos auxiliares, padres, religiosos e religiosas e leigos de diversas pastorais e agentes da pastoral vocacional.

Uma das preocupações deste encontro foi detectar porque o número de candidatos (as) à vida religiosa consagrada e ao sacerdócio está diminuindo na Arquidiocese.

Em entrevista ao Portal Arquisp, Dom José Roberto Fortes Palau, bispo auxiliar da Arquidiocese e referencial para a Pastoral Vocacional na Arquidiocese de São Paulo, afirmou que nesta reunião foi constatado que as vocações existem, mas que é preciso modernizar os métodos de evangelização. “Deus continua chamando. O que precisamos fazer é atualizar nossos métodos, nossa forma de dialogar com os jovens e despertar neles uma vocação que possa existir”.

Segundo o bispo, esta foi a primeira reunião do ano, onde surgiram boas ideias, que serão amadurecidas ao longo do ano.  Entre as sugestões foi apresentada a possibilidade de realizar o II Congresso Vocacional Arquidiocesano [ o primeiro congresso aconteceu em 2001]. Porém a proposta ainda está em estudo e será apresentada ao Cardeal Odilo Pedro Scherer, na próxima reunião.

Ao final, Dom José Roberto recordou a dimensão da Pastoral Vocacional, que não deve trabalhar isolada, mas sim interagir com diversas pastorais e organismos eclesiais. “A Pastoral Vocacional tem que interagir com o Setor Juventude, com a Pastoral Familiar, com diversas outras pastorais, pois ela é uma pastoral transversal, está presente em todos os segmentos da Igreja”, concluiu.